Salvem suas almas!

São Pio X recomendou o estudo do catecismo para a salvação das almas, inclusive a sua! Leia, estude, revise, grave a Sã Doutrina em seu coração!

Pesquisar este blog

sábado, 24 de junho de 2017

Do décimo artigo do Credo – “NA REMISSÃO DOS PECADOS” (Parte 02)


  
CAPÍTULO XI
Do décimo artigo do Credo
(Parte 02)



“NA REMISSÃO DOS PECADOS”





237) Como perdoa a Igreja os pecados ?
A Igreja perdoa os pecados pelos merecimentos de Jesus Cristo, administrando os Sacramentos por Ele instituídos para esse fim, especialmente o Batismo e a Penitência.



236) Quem são os que na Igreja exercem este poder de perdoar os pecados ?

Os que na Igreja exercem o poder de perdoar os pecados são, em primeiro lugar, o Papa que é o único que possui a plenitude de tal poder; depois os Bispos e, sob a dependência dos Bispos, os Sacerdotes.




Excerto do Catecismo de São Pio X



Visite nossos blogs associados:

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Do décimo artigo do Credo – “NA REMISSÃO DOS PECADOS” (Parte 01)

CAPÍTULO XI
Do décimo artigo do Credo
(Parte 01)



“NA REMISSÃO DOS PECADOS”




234) Que nos ensina o décimo artigo do Credo: na remissão dos pecados ?
O décimo artigo do Credo ensina-nos que Jesus Cristo deixou à sua Igreja o poder de perdoar os pecados.



235) Pode a Igreja perdoar toda a espécie de pecados ?
Sim, a Igreja pode perdoar todos os pecados, por numerosos e graves que sejam, porque Jesus Cristo Lhe concedeu pleno poder de ligar e desligar.



Excerto do Catecismo de São Pio X




Visite nossos blogs associados:

terça-feira, 13 de junho de 2017

Do nono artigo do Credo – “CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA; NA COMUNHÃO DOS SANTOS” (Parte 19)




CAPÍTULO X
Do nono artigo do Credo

(Parte 19)



“CREIO NA  SANTA IGREJA CATÓLICA; NA COMUNHÃO DOS SANTOS”


6º§ Daqueles que estão fora da Igreja


231) Deve-se temer a excomunhão ?
Deve-se temer grandemente a excomunhão, porque é o castigo mais grave e mais terrível que a Igreja pode infligir aos seus filhos rebeldes e obstinados.


232) De que bens ficam privados os excomungados ?
Os excomungados ficam privados
·        das orações publicas,
·        dos Sacramentos,
·        das indulgências e
·        excluídos da sepultura eclesiástica.


233) Podemos nós auxiliar de alguma maneira os excomungados ?
Nós podemos auxiliar de alguma maneira os excomungados e todos os outros que estão fora da verdadeira Igreja com advertências salutares, com orações e boas obras, suplicando a Deus que pela sua misericórdia lhes conceda a graça de se converterem à Fé e de entrarem na comunhão dos Santos.



Excerto do Catecismo de São Pio X



Visite nossos blogs associados:

quinta-feira, 8 de junho de 2017

Do nono artigo do Credo – “CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA; NA COMUNHÃO DOS SANTOS” (Parte 18)





CAPÍTULO X
Do nono artigo do Credo

(Parte 18)



“CREIO NA  SANTA IGREJA CATÓLICA; NA COMUNHÃO DOS SANTOS”


6º§ Daqueles que estão fora da Igreja



228) Quem são os apóstatas ?
Os apóstatas são aqueles que abjuram, isto é, renegam, com ato externo, a fé católica, que antes professavam.


229) Quem são os cismáticos ?
Os cismáticos são os cristãos que, não negando explicitamente dogma algum, se separam voluntariamente da Igreja de Jesus Cristo, ou dos legítimos Pastores.


230) Quem são os excomungados ?
Os excomungados são aqueles que por faltas graves são fulminados com excomunhão pelo Papa ou pelo Bispo, e portanto são separados, como indignos, do corpo da Igreja, a qual espera e deseja a sua conversão. 

Excerto do Catecismo de São Pio X






Visite nossos blogs associados:

terça-feira, 6 de junho de 2017

Do nono artigo do Credo – “CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA; NA COMUNHÃO DOS SANTOS” (Parte 17)




CAPÍTULO X
Do nono artigo do Credo

(Parte 17)



“CREIO NA  SANTA IGREJA CATÓLICA; NA COMUNHÃO DOS SANTOS”


6º§ Daqueles que estão fora da Igreja



225) Quem são os infiéis ?
Os infiéis são aqueles que não foram batizados e não creem em Jesus Cristo, seja porque creem e adoram falsas divindades, como os idólatras; seja porque, embora admitam o único Deus verdadeiro, não creem em Cristo Messias, nem como vindo na pessoa de Jesus Cristo, nem como havendo de vir ainda: tais são os maometanos e outros semelhantes.


226) Quem são os judeus ?
Os judeus são aqueles que professam a lei de Moisés, não receberam o batismo, nem creem em Jesus Cristo.


227) Quem são os hereges ?
Os hereges são as pessoas batizadas que recusam com pertinácia crer em alguma verdade revelada por Deus e ensinada conto de fé pela Igreja Católica: por exemplo, os arianos, os nestorianos e as várias seitas dos protestantes.

Excerto do Catecismo de São Pio X





Visite nossos blogs associados:

quinta-feira, 1 de junho de 2017

Do nono artigo do Credo – “CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA; NA COMUNHÃO DOS SANTOS” (Parte 16)




CAPÍTULO X
Do nono artigo do Credo

(Parte 16)



“CREIO NA  SANTA IGREJA CATÓLICA; NA COMUNHÃO DOS SANTOS”


6º§ Daqueles que estão fora da Igreja



223) Quem são os que não participam da comunhão dos Santos?
Aqueles que não participam da comunhão dos Santos são, na outra vida, os condenados, e nesta vida aqueles que não pertencem nem à alma nem ao corpo da Igreja, quer dizer, aqueles que estão em estado de pecado mortal e se encontram fora da verdadeira Igreja.


224)  Quem são os que se encontram fora da verdadeira Igreja?
Encontram-se fora da verdadeira Igreja:
·        os infiéis,
·        os judeus,
·        os hereges,
·        os apóstatas,
·        os cismáticos e
·        os excomungados.


Excerto do Catecismo de São Pio X




Visite nossos blogs associados:

terça-feira, 30 de maio de 2017

Do nono artigo do Credo – “CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA; NA COMUNHÃO DOS SANTOS” (Parte 15)

CAPÍTULO X
Do nono artigo do Credo

(Parte 15)



 “CREIO NA  SANTA IGREJA CATÓLICA; NA COMUNHÃO DOS SANTOS”


5º§ Da comunhão dos Santos



220) Os que estão em pecado mortal podem participar dos bens externos da Igreja ?

Os que estão em pecado mortal podem participar dos bens externos da Igreja, contanto que não estejam separados da mesma Igreja pela excomunhão.


221) Por que os membros desta comunhão, considerados no seu conjunto, se chamam Santos ?

Os membros desta comunhão chamam-se Santos, porque todos são chamados à santidade, e foram santificados por meio do Batismo, e muitos deles atingiram a santidade perfeita.


222) A comunhão dos Santos estende-se também ao Céu e ao Purgatório?

Sim, a comunhão dos Santos estende-se também ao Céu e ao Purgatório, porque a caridade une as três igrejas - triunfante, padecente e militante -; e os Santos rogam a Deus por nós e pelas almas do Purgatório, e nós damos honra e glória aos Santos, e podemos aliviar as almas do Purgatório, aplicando, em sufrágio delas, Missas, esmolas, indulgências e outras boas obras.



Excerto do Catecismo de São Pio X




Visite nossos blogs associados:

quinta-feira, 25 de maio de 2017

Do nono artigo do Credo – “CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA; NA COMUNHÃO DOS SANTOS” (Parte 14)




CAPÍTULO X
Do nono artigo do Credo

(Parte 14)



 “CREIO NA  SANTA IGREJA CATÓLICA; NA COMUNHÃO DOS SANTOS”



5º§ Da comunhão dos Santos



217)  Nesta comunhão de bens entram todos os filhos da Igreja?

Na comunhão dos bens internos entram somente os cristãos que estão em graça de Deus; os que estão em pecado mortal não participam de todos estes bens.


218) Por que não participam de todos estes bens aqueles que estão em pecado mortal ?

Porque é a graça de Deus. vida sobrenatural da alma, que une os fiéis a Deus e a Jesus Cristo como seus membros vivos e os torna capazes de fazer obras meritórias para a vida eterna; e porque aqueles que se encontram em estado de pecado mortal, não tendo a graça de Deus, estão excluídos da comunhão perfeita dos bens espirituais e não podem fazer obras meritórias rias para a vida eterna.


219) Então os cristãos que estão em pecado mortal não tiram proveito nenhum dos bens internos e espirituais da Igreja ?

Os cristãos que estão em pecado mortal tiram ainda assim algum proveito dos bens internos e espirituais da Igreja, porquanto conservam o caráter de cristãos, que é indelével, e a virtude da Fé que é a raiz de toda justificação. Por isso são auxiliados pelas orações e boas obras dos fiéis, para obterem a graça da conversão.



Excerto do Catecismo de São Pio X




Visite nossos blogs associados:

terça-feira, 23 de maio de 2017

Do nono artigo do Credo – “CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA; NA COMUNHÃO DOS SANTOS” (Parte 13)




CAPÍTULO X
Do nono artigo do Credo

(Parte 13)


 “CREIO NA  SANTA IGREJA CATÓLICA; NA COMUNHÃO DOS SANTOS”



5º§ Da comunhão dos Santos




214) Que nos ensina o nono artigo do Credo com  aquelas palavras: na comunhão dos Santos ?

Com as palavras: na comunhão dos Santos, o nono artigo do Credo ensina nos que na Igreja, pela íntima união que existe entre todos os seus membros, são comuns os bens espirituais, assim internos Como externos, que lhe pertencem.



215) Quais são na Igreja os bens comuns internos ?

Os bens comuns internos na Igreja são: a graça que se recebe nos Sacramentos, a Fé, a Esperança, a Caridade, os merecimentos infinitos de Jesus Cristo, os merecimentos superabundantes da Santíssima Virgem e dos Santos, e o fruto de todas as boas obras que na mesma Igreja se fazem.



216) Quais são os bens externos comuns na Igreja ?

Os bens externos comuns na Igreja são: os sacramentos, o Santo Sacrifício da Missa, as orações públicas, as funções religiosas, e todas as outras práticas exteriores que unem entre si os fiéis.



Excerto do Catecismo de São Pio X





Visite nossos blogs associados:

quinta-feira, 11 de maio de 2017

Do nono artigo do Credo – “CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA; NA COMUNHÃO DOS SANTOS” (Parte 12)


CAPÍTULO X
Do nono artigo do Credo
(Parte 12)


 “CREIO NA  SANTA IGREJA CATÓLICA; NA COMUNHÃO DOS SANTOS”



§ 4º Do Papa e dos Bispos





208) De quem são sucessores o Papa e os Bispos ?

O Papa é sucessor de São Pedro, Príncipe dos Apóstolos, e os Bispos são sucessores  dos Apóstolos, no que diz respeito ao governo ordinário da Igreja. 




209) Deve o fiel estar unido ao próprio Bispo ?

Sim, todo o fiel, eclesiástico ou leigo, deve estar unido de espírito e de coração ao próprio Bispo que está em graça e comunhão com a Sé Apostólica.




210) Como deve proceder o fiel para com o próprio Bispo ?

Todo o fiel, eclesiástico ou leigo, deve respeitar, amar e honrar o próprio Bispo, e prestar-lhe obediência em tudo o que se refere ao bem das almas e ao governo espiritual da diocese.




211) Quais são os auxiliares do Bispo na cura das almas ?

Os auxiliares do Bispo na cura das almas são os Sacerdotes, e principalmente os párocos.




212) Quem é o pároco ?

O pároco é um Sacerdote delegado para presidir e dirigir, sob a dependência do Bispo, uma porção da diocese, que se chama paróquia.




213) Que deveres têm os fiéis para com o seu pároco ?

Os fiéis devem conservar-se unidos tio seu pároco, ouvi-lo com docilidade, professar-lhe respeito e submissão em tudo o que interessa ao bem da paróquia.  




Excerto do Catecismo de São Pio X




,


Visite nossos blogs associados:

terça-feira, 9 de maio de 2017

Do nono artigo do Credo – “CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA; NA COMUNHÃO DOS SANTOS” (Parte 11)



CAPÍTULO X
Do nono artigo do Credo
(Parte 11)


 “CREIO NA  SANTA IGREJA CATÓLICA; NA COMUNHÃO DOS SANTOS”



§ 3º Da Igreja docente e da Igreja discente 





203) Como todo o católico deve proceder para com o Papa ?

Todo o católico deve reconhecer o Papa como Pai, Pastor e Mestre universal, e estar unido a ele de espírito e coração.



204) Depois do Papa quais são, por instituição divina , as personagens mais venerandas na Igreja?

Depois do Papa, por instituição divina, as personagens mais venerandas da Igreja . são os Bispos.




205) Quem são os Bispos ?

Os Bispos são os Pastores aos fiéis, estabelecidos pelo Espírito Santo para governar a Igreja de Deus, nas sedes que lhes são confiadas sob a dependência do Romano Pontífice.




206) Que é o Bispo na própria diocese ?

O Bispo na própria diocese é o Pastor legítimo, o Pai, o Mestre, o superior de todos os fiéis, eclesiásticos e leigos, que pertencem à mesma diocese.




207) Por que o Bispo se chama Pastor legítimo ?

Chama-se o Bispo Pastor legítimo, porque ai jurisdição, isto é, o poder que tem de governar os fiéis da própria diocese, foi-lhe conferido segundo tis normas e leis da Igreja.





Excerto do Catecismo de São Pio X.



Visite nossos blogs associados: